ACOMPANHE-ME NAS REDES SOCIAIS

Pimentel integra frente parlamentar mista em defesa dos bancos públicos

Pimentel integra frente parlamentar mista em defesa dos bancos públicos

O senador propôs uma mobilização nacional em defesa das instituições de crédito, fundamentais ao desenvolvimento
Publicado no dia 13 de Junho de 2017
Image
Foto: 
Ichiro Guerra

O senador José Pimentel (PT-CE) participou, nesta terça-feira (13/6), no Senado, do lançamento da Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Bancos Públicos. A Frente será integrada por senadores e deputados federais de diversos partidos. Segundo Pimentel, a defesa dos bancos públicos é essencial neste momento de crise econômica. “Não temos agência bancária forte, se não tivermos uma economia forte. E é por isso que este governo começou exatamente encarecendo o crédito, fechando agências bancárias, tirando o papel público e social dos bancos públicos”, disse.

Pimentel lembrou que o mesmo processo de sucateamento dos bancos públicos, que o governo Temer está iniciando, ocorreu na década de 1990, durante o governo de Fernando Henrique Cardoso. Ele destacou a importância de a sociedade retomar um movimento de resistência, como aconteceu naquele período. “Tivemos o fechamento de quase metade das agências dos bancos públicos e a demissão de um contingente muito expressivo de bancários. Mas fizemos um conjunto de ações e montamos comitês em todo o território nacional para defender as instituições financeiras públicas”, relembrou.

Segundo o senador, todas as reivindicações debatidas no final dos anos 1990, para fortalecer os bancos públicos, foram incorporadas ao programa de governo do candidato à presidência da República, Luiz Inácio Lula da Silva. “Com a posse de Lula, em 2003, passamos a viver um outro momento, com a interiorização das agências e do crédito, a realização de diversos concursos e posse de milhares de bancários”, destacou.

Mobilização - O objetivo da Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Bancos Públicos é ampliar os debates na sociedade e realizar articulações no Congresso Nacional para barrar projetos de reestruturação que visam o sucateamento e privatização das instituições financeiras públicas, como Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e BNDES, além dos bancos regionais, como o BNB. Outro propósito é fomentar ações para informar e sensibilizar os parlamentares a respeito da importância dos bancos públicos para o desenvolvimento econômico e social do país.

Paralelamente ao lançamento da Frente Parlamentar Mista em Defesa dos Bancos Públicos, estão previstos encontros em cada região do país para apresentar esse debate à sociedade, que depende dos bancos públicos para o fomento de crédito e programas sociais.

Seminário - O ato de lançamento da Frente fez parte da programação do seminário “Estratégias para financiar o desenvolvimento”, organizado pelas Bancada do PT no Congresso Nacional. O evento debateu a importância dos bancos públicos para o desenvolvimento econômico e social do Brasil. Participaram como debatedores o economista Luiz Gonzaga Belluzzo, professor-titular aposentado da Unicamp; a bancária Juvândia Moreira Leite, presidente do Sindicato dos Bancários de São Paulo; o economista Fernando Nogueira da Costa, professor do Instituto de Economia da Unicamp; e Wellington Dias, governador do Piauí. O debate foi mediado pelo líder do PT no Senado, senador Lindbergh Farias (PT-RJ), e pelo deputado José Carlos Nunes Júnior (PT-MA).

VEJA TAMBÉM

15/12/2017

O adiamento da votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Reforma da Previdência, nesta quinta-...

15/12/2017

As bancadas do PT na Câmara e no Senado ajudaram a derrubar o veto de ...