ACOMPANHE-ME NAS REDES SOCIAIS

Boletim de Rádio: Transposição São Francisco no Ceará

REP: A PARALISAÇÃO DAS OBRAS DE TRANSPOSIÇÃO DO RIO SÃO FRANCISCO, NO TRECHO ENTRE CABROBÓ, EM PERNAMBUCO, E JATI, NO CEARÁ, SERÁ DISCUTIDA PELA COMISSÃO DE INFRAESTRUTURA DO SENADO. O DEBATE SERÁ NA PRÓXIMA QUARTA-FEIRA, DIA 30 DE NOVEMBRO, ÀS OITO E MEIA DA MANHÃ, EM BRASÍLIA. A DATA FOI DEFINIDA EM REUNIÃO, NA TARDE DE ONTEM, ENTRE O SENADOR JOSÉ PIMENTEL, OUTROS MEMBROS DA COMISSÃO DE INFRAESTRUTURA E O MINISTRO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL, HELDER BARBALHO.

REP: NO ENCONTRO, PIMENTEL RESSALTOU A IMPORTÂNCIA DA FINALIZAÇÃO DESSE TRECHO, GARANTINDO ÁGUA PARA CONSUMO HUMANO NO ESTADO DO CEARÁ, QUE ENFRENTA GRANDE DIFICULDADE HÍDRICA, COM O BAIXO VOLUME DE ÁGUA DO AÇUDE CASTANHÃO.

TEC (PIMENTEL): Queremos um tratamento diferenciado para concluir a instalação da terceira bomba elevatória das águas do São Francisco e a conclusão dos 10 quilômetros que faltam para que a água chegue a Jati. 

REP: O SENADOR TAMBÉM QUESTIONOU A DECISÃO DO GOVERNO FEDERAL DE REALIZAR LICITAÇÃO INTERNACIONAL, SOMENTE EM FEVEREIRO DE 2017, PARA DEFINIR QUAL EMPRESA ASSUMIRÁ A CONCLUSÃO DO EIXO NORTE, QUE JÁ ESTÁ COM 90% DAS OBRAS CONCLUÍDAS E ABASTECERÁ O CEARÁ. OS TRABALHOS ESTÃO PARALISADOS DESDE JULHO DESTE ANO, COM A FALÊNCIA DA EMPRESA RESPONSÁVEL POR ESSA ETAPA. O SENADOR CRITICOU A OPÇÃO DO GOVERNO TEMER.

TEC (PIMENTEL): É inadmissível o que o governo federal está fazendo com o povo nordestino, em particular o estado do Ceará. Faltam só 10 quilômetros. E porque fazer uma licitação internacional, que envolve outros trechos, e corremos o risco de ter uma série de pendências judiciais e impedindo a sua feitura.

REP: PIMENTEL LEMBROU AO MINISTRO HELDER BARBALHO A FORMA ÁGIL COMO FOI SOLUCIONADO O DESABASTECIMENTO DE ÁGUA EM SÃO PAULO, DURANTE O GOVERNO DILMA, E DESTACOU QUE O NORDESTE MERECE O MESMO EMPENHO DO GOVERNO FEDERAL. 

TEC (PIMENTEL): Quando tivemos o problema das águas na cidade de São Paulo, o chamado projeto Cantareira, não vimos nenhum obstáculo. Agora, quando é para tratar do nosso povo, começam a criar uma série de dificuldades.

REP: A AUDIÊNCIA PÚBLICA CONTARÁ COM A PARTICIPAÇÃO DO MINISTRO DA INTEGRAÇÃO NACIONAL, HELDER BARBALHO; E DOS GOVERNADORES DO CEARÁ, RIO GRANDE DO NORTE, PARAÍBA E PERNAMBUCO. TAMBÉM SERÃO CONVIDADOS PARLAMENTARES DOS ESTADOS ENVOLVIDOS, ENTIDADES DA SOCIEDADE CIVIL E REPRESENTANTES DOS MOVIMENTOS SOCIAIS. 

SIMONE TELLES, DIRETO DE BRASILIA